Incêndio atinge terreno em Canabrava após pedido de reintegração de posse

Foto: Reprodução

Um incêndio atingiu na noite desta terça-feira, 26, um terreno baldio que fica localizado na rua Artêmio Castro Valente, ao lado do Colégio Papillon Nobre, no bairro de Canabrava, em Salvador. O local está sendo ocupado por cerca de 80 famílias sem moradia e teve início após pedido de reintegração de posse.

De acordo com informações iniciais da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom), o fogo começou por volta das 19h40, na região da avenida Mario Sérgio Pontes de Paiva, no mesmo bairro. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas ainda trabalham para averiguar as proporções das chamas.

Em contato com a reportagem do Portal A TARDE, um representante do Movimento Nacional de Luta por Moradia, que não quis ser identificado, disse que o incêndio foi “proposital” e que tem o objetivo de retirar as famílias que ocupam o terreno.

“A situação é que o pessoal não sabe nem como vai fazer para dormir aqui. Esse incêndio é proposital para que a gente retire as famílias daqui da ocupação, justamente no dia que recebemos a documentação dizendo que era para a reintegração de posse. Nos afirmamos que não iriamos sair, apenas com uma ordem judicial”, afirmou.

Em vídeos encaminhados ao A TARDE, é possível ver o incêndio se alastrando pela zona de vegetação e alguns gritos ao fundo de moradores desesperados com a proporção das chamas.

Após chegarem na região, os bombeiros foram até o local indicado para verificar a necessidade de fazer um resfriamento. Em áudios, populares que acompanharam a chegada das equipes ressaltavam que os moradores do assentamento não foram os responsáveis pelas chamas e que o terreno foi incendiado com o intuito de “acuar os invasores”.

Crédito: A Tarde

Compartilhe:

Notícias relacionadas
O que você procura?