Vacinação em Lauro de Freitas começa nesta terça; saiba como será

Município vai receber 1.630 doses nesta primeira fase | Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, anunciou nesta segunda-feira, 18, que a vacinação no município terá início nesta terça, 19. De acordo com a gestora, o município, localizado na Região Metropolitana de Salvador (RMS), vai receber 1.630 doses nesta primeira fase.

Serão 43 pontos e 5 equipes itinerantes para imunizar a população, sobretudo as que estão no grupo de risco, que é o caso dos idosos e das pessoas com comorbidades. “Vamos vacinar as pessoas, inclusive no ambiente de trabalho. As equipes estão prontas, até mesmo para quando chegarem as próximas doses”, explicou Moema.

A gestora destacou ainda que o ideal seria receber 400 mil doses da vacina para atender de forma confortável toda a população, incluindo as pessoas que necessitam ser imunizadas. “Vamos receber essas 1630 doses, e sem dúvida, mais 1630 para a segunda dose indicada. Pretendemos concluir essa vacinação em 4 dias”, reiterou.

Moema afirmou que os locais de armazenamento estão devidamente adaptados para guardar e conservar os imunizantes. Câmaras de refrigeração estão devidamente adequadas para manter as vacinas em condições de aplicá-las. “A gente visitou o local diversas vezes e constatamos que tudo atende ao estabelecido para que as vacinas fiquem conservadas. O local vai ser devidamente vigiado 24 h”, relembrou.

Rede privada

Ela explicou também que os profissionais da rede privada de saúde vão ser atendidos também, porém dentro do plano que o município traçou. “Não vai haver dosagem destinada especificamente para determinada clínica ou hospital privado, porém qualquer profissional de saúde, seja da rede pública ou privada, vai ser atendido nesta primeira fase”.

Embora o processo de vacinação esteja sendo iniciado no município, Moema ressaltou que as medidas restritivas e o uso obrigatório das máscaras vão ser mantidos mediante decretos. “Não vamos permitir que haja relaxamento, ainda com essa parte da população imunizada. Até pelo fato do município não ter uma quantidade grande do imunizante”, finalizou.

É importante ressaltar, que o município seguira o cronograma de imunização estabelecido pelo governo do estado.

Crédito: A Tarde

Compartilhe:

Notícias relacionadas
BANNER_740X450px_GIF