Categoria: ,

Assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes completa mil dias

Foto: Divulgação

O assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes completa mil dias nesta terça-feira, 8. Tanto Marielle quanto Anderson estavam dentro de um carro quando foram executados a tiros na região central do Rio de Janeiro, no dia 14 de março de 2018.

No momento do assassinato Marielle voltava do evento Jovens Negras Movendo as Estruturas. O carro onde estavam ela e o motorista foi emparelhado por outro veículo, de onde partiram os tiros. Uma assessora da parlamentar, que também estava no automóvel, sobreviveu ao ataque.

O policial reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio de Queiroz, acusados de envolvimento com milícia, estão presos como principais suspeitos de serem os autores da execução. Contudo, ainda não se sabe quem foi o mandante do crime.

Investigações apontam que Lessa seria o autor dos disparos, enquanto Queiroz teria sido o motorista do veículo que perseguiu o carro que se encontrava Marielle, Anderson e a assessora.

Marielle

Marielle era natural da favela de Maré, tinha 38 anos e foi eleita com 46,5 mil votos, a quinta maior votação para vereadora nas eleições de 2016. Ela estava no primeiro mandato como parlamentar. A legisladora era também socióloga, com mestrado em administração pública e militava em prol dos direitos humanos.

 

Matéria: A Tarde.

Compartilhe:

Notícias relacionadas
O que você procura?