Categoria: , ,

Polícia Civil prorroga pela segunda vez inquérito que investiga ataque ao ônibus do Bahia

Todos os suspeitos foram identificados, mas nenhum foi preso

Polícia Civil prorroga pela segunda vez inquérito que investiga ataque ao ônibus do Bahia
Foto: Montagem / Redes Sociais

A Polícia Civil prorrogou por mais 30 dias o inquérito que apura o ataque a bomba ao ônibus do Bahia, ocorrido no dia 24 de fevereiro deste ano, antes da partida contra o Sampaio Corrêa.  Essa é a segunda vez que o inquérito é prorrogado.

Segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT), todos os laudos solicitados já foram entregues. A polícia informou que até o momento nenhum dos suspeitos foi preso.

Conforme o portal g1Bahia, os detalhes do procedimento não foram divulgados porque a polícia alegou preservar o andamento das investigações.

Neste mês, cinco suspeitos prestaram novos depoimentos na 6ª Delegacia Territorial (DT/Brotas). Quatro deles fizeram uma acareação, para confrontar as versões apresentadas por cada um.

A delegação passava pela Avenida Bonocô, a menos de 1 km da Arena Fonte Nova, quando o ônibus foi atingido por uma espécie de bomba caseira e rojões, antes do jogo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste. O goleiro Danilo Fernandes e o lateral Matheus Bahia ficaram feridos.

Crédito: Metro1

Compartilhe:

Notícias relacionadas
O que você procura?