Categoria: ,

UPAs de Salvador amanhecem com 97 pacientes de Covid precisando de um leito de tratamento

[UPAs de Salvador amanhecem com 97 pacientes de Covid precisando de um leito de tratamento]
Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará
As autoridades da área da saúde da Bahia e de Salvador estão preocupadas com o aumento do número de casos da Covid-19 e de pacientes que precisam de um leito especializado de tratamento contra a doença. A capital baiana alcançou nas últimas 24 horas uma marca nada animadora: 97 pessoas amanheceram nesta quarta-feira (17) internadas em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade precisando de uma regulação para um centro de tratamento do vírus. Esse número, de acordo com o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, é o maior dos últimos três meses.

“A situação é pior [que ontem]. Tivemos nessas últimas 24 horas um recorde dos últimos 120 dias. Já regulamos uma parte [dos pacientes], porém, as equipes estão assustadas com o que está acontecendo. Nós temos neste momento, 34 pessoas que precisam ser reguladas”, disse o secretário em entrevista à TV Bahia.

Ainda de acordo com Prates, no pico da doença na cidade, a gestão chegava a regular até 60 pessoas. Nesta terça (16), 53 pacientes foram regulados para um leito de tratamento. A pressão nas UPAs acontece em meio a falta de doses da vacina contra à Covid-19. A cidade teve que suspender a campanha de imunização da primeira dose. Agora, apenas profissionais da área da saúde que estão atuando no combate à doença e que já tomaram a primeira dose estão recebendo a segunda aplicação.

“Contamos com a falta de planejamento do governo federal, é inegável essa falta de planejamento. As doses iriam chegar dia 17, ou seja, amanhã, agora, só dia 23. Vamos ficar com uma estrutura grande, sem muita atividade nesse período […] O prefeito Bruno Reis tentou comprar novas doses diretamente da Índia, mas não foi autorizado pelo governo federal. O apelo que a gente faz é que já que os municípios e estados não podem comprar direto que o governo cumpra o seu papel institucional”, completou o secretário.

 

Crédito: BNews

Compartilhe:

Notícias relacionadas
O que você procura?